Sialolitíase define-se como um estado mórbido de uma glândula salivar devido à presença de sialolitos (cálculos) em seu sistema ductal (glândula ou ducto). 

Imagem radiopaca compatível com sialolito Os sialolitos são representados por nódulos, consistentes, endurecidos, de tamanhos e formas variáveis, podendo ter à ordenha, presença de secreção purulenta que é o quadro aliado à sialodenite crônica ou aguda. O tratamento, via de regra, é cirúrgico intrabucal, acompanhado de antibioticoterapia em casos onde a infecção está presente e é feito dependendo da localização anatômica e extensão do sialolito. Em casos, onde estes cálculos atingirem grandes proporções e em localizações que não deem acesso ao CD, a indicação da remoção cirúrgica é em âmbito hospitalar.