O Câncer Bucal, pela sua frequência, constitui-se em problema de saúde pública   A Organização Mundial de Saúde (OMS) refere 640.000 casos novos de câncer de boca por ano

O câncer bucal está relacionado a fatores de risco conhecidos como etilismo e tabagismo,pois apresentam sinergismo e são promotores e iniciadores da carcinogênese, ao lado de causas coadjuvantes (má higiene, próteses mal adaptadas, imunossupressão, infecções virais pelo papiloma e herpes-vírus I e deficiências nutricionais) . 

Em casos de diagnóstico positivo, o tratamento traz limitações na alimentação e comunicação, assim como, em muitas vezes, limitações estéticas, podendo o paciente estar emocionalmente alterado e com sua qualidade de vida diminuída, devendo, portanto, o clínico geral ou especialista estar atento a essas situações.

O estomatologista tem que estar apto para investigar possíveis alterações bucais e diagnosticá-las o mais breve possível!

Assistam ao vídeo com imagens de câncer bucal no meu canal no YOUTUBE>